WIKINOMICS – Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio

wikinomicsResenha do livro Wikinomics, das páginas 15 à 59.

Introdução: As páginas de 15 à 59 retratam de maneira simples e direta a nova forma de economia que existe no mundo – a Wikinomics. Sugerindo às grandes empresas que se adaptem à era da inteligência compartilhada, onde pessoas do mundo todo podem contribuir livremente com dados, informações e ideias inovadoras para o seu serviço ou produto. Com a evolução da internet, surgiu uma nova geração (Geração Net), que vem revolucionando a forma de utilização online, consequentemente da economia mundial. Ao invés de usuários passivos, estão se tornando consumidores e produtores de bens.

WIKINOMICS

Antigamente poucas pessoas tinham o poder de ter participação ativa na economia, hoje a coisa mudou. Estamos na era da participação: onde empresas abrem seus dados para que indivíduos participem com seus conhecimentos. É a era da economia em si mesmo. Mc Ewen da GoldCorp, após conhecer o sistema operacional aberto do Línux, por exemplo, resolveu fazer um desafio, convidando pessoas do mundo todo a encontrarem ouro em lugares onde a própria empresa não tinha encontrado, e o resultado foi um sucesso. Tanto a empresa, quantos os colaboradores ganharam mais dinheiro do que se estivessem trabalhando sozinhos.

Existem mais de um bilhão de pessoas conectadas, e interagir e criar em conjunto está se tornando uma habilidade essencial. As empresas estão procurando alcançar o topo, sendo, ao invés de multinacionais, globais, reunindo e tratando os todos os países onde se encontra como um só.

A Wikinomics é baseada em quatro ideias inovadoras:

  1. ABERTURA: Quando há franqueza e transparência no compartilhamento de suas informações. Funcionários trabalham com mais lealdades e os clientes e possíveis investidores criarão um vínculo de confiança e credibilidade com a empresa;
  2. PEERING: Ao invés da hierarquia tradicional, é uma organização horizontal, onde todos colaboram com todos – seu maior impacto é visível na produção de bens de informação;
  3. COMPARTILHAMENTO: Ao invés de restringir suas informações, elas são compartilhadas livremente, dando acesso a oportunidade e inovação. Contribuir com espaços comuns é a melhor maneira de construir ecossistemas empresariais dinâmicos;
  4. AGIR GLOBALMENTE: Fazer alianças e parcerias globais. O mercado de capital humano e as comunidades peering vão possibilitar o acesso a novos mercados e tecnologias. Usar uma plataforma global para intensificar a colaboração entre todas as partes. O mundo como um único país.

A wikinomics possibilita uma vida mais rica e plena, estimula o crescimento econômico a todos. Para isso é necessário não só entender as mudanças que estão correndo, como também as questões estratégicas. Os indivíduos estão podendo agregar valor a sistemas econômicos de grande escala por meios antes impossíveis.

Há sete modelos para a colaboração em massa:

  • Pioneiros do peering
  • Ideágoras
  • Prosumers
  • Novas Alexandrias
  • Plataformas para participação
  • O “chão de fábrica local”
  • O “local do trabalho wiki”

A TEMPESTADE PERFEITA

A nova web está se tornando a base para novas formas dinâmicas de comunidade e expressão criativa, dando espaço para o empreendedorismo popular. É como um grande computador onde todos podem programar.

São ondas de mudança e inovação que estão derrubando a sabedoria econômica convencional. O website estático morreu, e existem 4 novos fenômenos que provam isso:

  • BLOGOSFERA: A web passa de coleção de documentos estáticos, para uma conversa em andamento. As pessoas falam sobre o que quiserem, para quem quiserem.
  • INTELIGÊNCIA COLETIVA: Sua rede sem filtro. A inteligência das multidões. É um conjunto de conhecimentos que surge de escolhas e julgamentos e de grupos participantes e independentes. Classificação de conteúdo, através de palavras-chave (ou tags).
  • NOVAS PRAÇAS PÚBLICAS: Fazer da sua empresa uma espécie de praça pública ou ponto de encontro, onde os clientes vão e voltam por conta das experiências ricas e cativantes. Estabelecer e cuidar dos relacionamentos.
  • EMERGÊNCIA E INOVAÇÃO FORTÚITA: Os fenômenos emergências tendem a ser vencedores no mercado – há sempre mais gente esperta fora do que dentro da empresa. É abrir os códigos parar ter uma experimentação de baixo risco.

A novaweb está sendo construída por todos nós, juntos. Não há mais espaço para receber informações ociosamente, ao contrário, estamos produzindo por peering.  A Geração Net, que são os jovens que nasceram de 1977 à 1996, composta de mais de 2 bilhões de pessoas, vai dominar o séc. XXI. São criadores ativos de conteúdo midiático e tem sede de interação. Valorizam os direitos individuais, como o direito da privacidade e o da liberdade de expressão.

Pela primeira vez na história, os jovens estão no topo da revolução de uma era: A revolução digital. A Geração Net forma redes, já que o espaço vital se torna mais vital e atraente. Lá eles interagem, compartilham vídeos, fotos, artigos, pensamentos, experiências. Passaram de consumidores a prosumers – onde cada opinião influencia sua decisão de compra. Então, ao invés de simples consumidores, se tornam produtores do próprio bem.

Michael Furdyk: “A nossa geração realmente não confia na mídia e na publicidade tanto quanto confia na opinião peer-to-peer e nas redes sociais”.

A oportunidade de levar essa nova geração para as empresas e torna-los co-criadores de valor é uma passo enorme para a inovação e mudança, de uma maneira que o mundo empresarial nunca viu. Para eles, existem algumas normas de trabalho que contribuirão para um novo mundo: rapidez, liberdade, abertura, inovação, mobilidade, autenticidade e ludicidade.

As empresas que se adaptarem a essa nova era, ganharão vantagem competitiva e inovação, dominarão o mundo. As que não acompanharem, de fato, morrerão.

Cid Áquila – 4º Semestre de Publicidade e Propaganda
Jessé Neto – 5º Semestre de Publicidade e Propaganda
Jéssica Trabuco – 6º Semestre de Jornalismo
Tainã Palma – 5º Semestre de Publicidade e Propaganda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s